Disseminando gentileza nos encontramos no tempo da delicadeza...

23 de dez de 2008

Poema do Natal

Hoje, de algum lugar.
Longe destas terras
Um olhar especial de alguém especial
De distantes origens
Um olhar de um justo coração
Que pulsa só a vida
Que sorri porque ama plenamente
Sem jugos, sem conceitos,
Sem prisões
Hoje como ontem
Longe destes céus
Há um encantado olhar só para você
Nesse olhar, nesse fitar.
Vai para você a magia da luz
A simplicidade do perdão
A força para comungar a vida
E a esperança
De dias mais radiantes de paz
Hoje, de algum lugar dentro de você.
Alguém que já o amou muito
E ainda o ama
Diz para você que valeu a pena
Ter estado nestas terras
Sob estes céus
Falando de união, paz, amor e perdão.
Só para você saber
Que hoje é Natal
E poder sentir a força
Que faz você sorrir
E continuar o caminho
Que um dia aquele doce olhar
Iniciou para você!
*
(Paulo Kronemberger).
*
http://anamgs.blogspot.com/

5 comentários:

  1. bonito o poema, legal mesmo!

    ResponderExcluir
  2. Meus amigos chegou a hora de rever os fatos que marcaram epoca no Entrando Numa Fria espero vcs em mais um inicio de debate..para fecharmos com chave de ouro 2008....

    prazer esta akiii

    ResponderExcluir
  3. Hello I really like your blog, I would like a link exchange with you, I insert your blog to my favorite blogs ;)

    the address of my blog is: http://marcocrupifoto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. "O valor das coisas não está no tempo em que elas duram,
    mas na intensidade com que acontecem.
    Por isso existem momentos inesquecíveis,
    coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis".
    (Fernando Pessoa)
    Venho desejar um Feliz Ano Novo e dizer que no ano de 2009 estarei mais presente no teu Blog.
    Conceição Bernardino

    ResponderExcluir

Obrigado pelo comentário. Visite-nos em nossos blogs pessoais.