Disseminando gentileza nos encontramos no tempo da delicadeza...

8 de dez de 2008

poesia

Dura mais que um instante o prazer que, prá sempre, guardarei em mim. A beleza do teu corpo, quente. Teu cheiro gostoso-pele, de cravo, canela, da China, da Índia, do mundo de mim...Dura mais que um instante, essa alegria-fruitiva que é estar em teus braços e ficar, em ti. Dura mais que um instante, o interminável momento em que a luz-miúda dos meus olhos, revela teu riso-brilhante, de gozo que pluma, deixaste meu corpo, alma, âmago. Ai, falo baixinho, me escuta, acredita... Sou louca por ti. Eu te amo!
não sei escolhi essa postagem dessa amiga...pq ela é uma super poetisa....super poetisa pq? pq faz poesia a partir se da filosofia e da psicanálise....e tbm dos sentimentos claro!!

Um comentário:

  1. Oi, Léo.

    pff...
    Breathless!
    No words.
    No tears.

    Super presente!
    Amigo?
    Amigos, nós?
    Muito, muito grata.
    Também gostaria de participar deste espaço-presente, de amigos.
    Linda, esta idéia que tiveram.

    Muitos beijos.

    E não me venha mais com suas rabugices e excentricidades...
    Léo, és este, também.
    Te amo, cretino.

    ResponderExcluir

Obrigado pelo comentário. Visite-nos em nossos blogs pessoais.