Disseminando gentileza nos encontramos no tempo da delicadeza...

5 de jan de 2009

ÓDIOFOBIA

***
***
O ódio é desalmado é traumático, significa o princípio do fim. É a derradeira síndrome da terrível dor do desamor. Uma "pirofagia" crônica do ódio doentio, transmissor da paranóiana, fase terminal do amor. É o início da histeria que oculta o ódio que na verdade não passa de uma cilada. Dói no peito tornando-se em agonia múltipla quando a metamorfose se consome, a alma padece deixando seqüélas irreparáveis, tornando o ódio com conseqüêcias da moléstia. Embora, o amor e o ódio continuam nesta fusão: Fere, adoece, enlouquece e pode matar! (texto&photos por tossan)
Neste texto eu não me refiro em love/end e sim em guerras,
agora como os bombardeios de Israel.
Guerra sem fim!. É o ódio entre humanos também não para!

*

4 comentários:

  1. Mesmo que você fale do ódio dessa guerra absurda, qualquer ódio é absurdo. Leva a atos de insanidade, quando não se mata, se morre.
    O tema ódio é sempre universal, abrangente e contemporâneo.
    O ódio mina todos os sentimentos bons que o ser humano possa vir a ter.

    Que a humanidade possa através de vários atos, inclusive escrevendo assim, remar contra essa maré de ódio e desamor.

    E que possa se ter sempre o verde da esperança a correr nas veias.

    beijo

    ResponderExcluir
  2. Salve El justiceiro isto sim! Obrigado por esta lembrança pela paz! Abraço

    ResponderExcluir
  3. Queridos Amigos, gostei imenso da postagem... Toca nos pontos nevrálgicos, de Amor e Ódio... Dois sentimentos que andar a par um do outro... As guerras são inúteis e os inocentes é que são as maiores vítimas... Um grande abraço para o grupo,
    Fernandinha

    ResponderExcluir
  4. It seems my language skills need to be strengthened, because I totally can not read your information, but I think this is a good BLOG
    jordan shoes

    ResponderExcluir

Obrigado pelo comentário. Visite-nos em nossos blogs pessoais.