Disseminando gentileza nos encontramos no tempo da delicadeza...

2 de mar de 2009

A paz!

Neste náufrago,
perdida e imersa,
a nadar aleatoriamente
mergulha
sobre os céus,
- estes céus -
gaseados e côncavos
e de si mesma
não se econtra,
já não pode...
Vá...
Voe
e voe
e voe!
pois aqui,
- ainda não te encontrei.
***
Mateus Araújo
*
Esta postagem é uma reverência a um jovem talento.
Mateus Araújo, tem apenas 17 anos e escreve como
poucos, como os grandes...

11 comentários:

  1. lindas palavras e profundas... vindas de um rapaz de 17 anos!!!
    adorei!! realmente um jovem talento...

    abraços...

    PS: aguardo sua visitinha

    ResponderExcluir
  2. Nossa já escreve assim com 17 anos com 30 estará vendendo best sellers!!!!
    Lindo Mai, tudo lindo!!!Desde a sua atitude de postar um texto dele para que assim se propague ainda mais seu talento e que outras pessoas também frequentem o blog dele!!!!
    É por isso que te admiro Mai...
    Vc é GENEROSA!!!!
    muitos bjinhos

    ResponderExcluir
  3. Que texto bem organizado,que promessa de sucesso para esse Jovem.
    Parabéns para ele,Felicidades pela Vida fora.
    Para si obrigada pela sua generosidade.
    Beijo.
    isa.

    ResponderExcluir
  4. Gostei demais.
    Na verdade acredito que a pessoa nasce com os dons, os talentos, e a vida, o tempo aprimora, mas ainda existem os gênios, ou na música, ou na escrita, na arte em geral, que parecem brotar uma maturidade que não condiz com a idade, e é admirável isso.
    Parabéns ao post e ao autor, farei uma visita lá.

    Abraços...
    Chris

    ResponderExcluir
  5. Encontrei Mateus através de um comentário que fez em um de meus textos, no 'inspirar-poesia'.

    Em seu comentário expressava a linguagem própria dos jovens em sua idade mas fui visitar seu espaço porque gosto de dialogar com pessoas de todas as idades como via de atualização da palavra que circula, viva...

    Quando cheguei ao blog do Mateus, fiquei estarrecida com o que fui lendo. Não me parecia a mesma pessoa - um jovem de 17 anos, ali naqueles versos que lia. E fiquei sem fôlego, emocionada, inquieta.

    Mateus tem a simplicidade própria de uma geração 'cyber' e que parece simplificar mesmo as coisas, a vida... Mas escreve que é um absurdo. Uma promessa, uma potência, latente, embrionária, de alguém que escreve como 'gente grande'.

    Ele brinca com as palavras, talvez. Não sei porque nos conhecemos há pouco, mas sei que talentos como este, precisam ser divulgados, estimulados e respeitados naquilo que eles tem de melhor.

    Sinto-me honrada em poder mostrar o trabalho do Mateus, neste espaço.
    Ele merece e nós agradecemos.

    Carinho, Mateus.

    Mai.

    ResponderExcluir
  6. AAaaaaaaaaaaaa paraA!!!!!!
    nhááá
    vou chorarrrr
    num faix isso comigo *_*

    Obrigadoooo MAiiii
    !!!!
    Mais que o estímulo para a escrita, vc me estimula a viver!

    ResponderExcluir
  7. Num da pra não ficar feliz com vc!

    ResponderExcluir
  8. Eu já havia visitado o blog do Mateus, confesso que estou devendo umas 1000 visitas. E achei-o muito bom mesmo! Parabens ao Mateus por ser assim e pra você Mai, que transborda em generosidade também. Beijo

    ResponderExcluir
  9. Mateus Araújo já nasceu grande.
    O que fazer quando crescer mais? Talvez nem seja necessário...
    Será que nossos corações irão suportar?
    Bjs
    .
    .
    .
    .

    ResponderExcluir
  10. Isso se chama esperança!
    O mundo precisa dar a volta, precisa de reencontrar...o futuro é deles e a salvação deste planeta que começa pelo coração e sensibilidade do ser humano possui vários caminhos; eis um deles.
    Parabéns!
    carinho
    ..............Cris Animal

    ResponderExcluir

Obrigado pelo comentário. Visite-nos em nossos blogs pessoais.